Open post

Nota Fiscal Paulista abre consulta a sorteio de janeiro

São Paulo – O Nota Fiscal Paulista liberou a consulta aos bilhetes eletrônicos que participarão do 86º sorteio do programa, realizado no mês de janeiro.

Os participantes do programa concorrem a prêmios de 500 mil reais, 300 mil reais, 200 mil reais, 100 mil reais, 50 mil reais, 40 mil reais, 30 mil reais e 20 mil reais.

O sorteio também inclui cinco prêmios na faixa de 10 mil reais, 300 prêmios de 1.000 reais, 300 prêmios de 500 reais, mil prêmios de 250 reais, dois mil prêmios de 100 reais, 15 mil prêmios de 50 reais, 76.303 prêmios de 20 reais e 1,5 milhão de prêmios de 10 reais.

Participam do sorteio consumidores do estado de São Paulo que fizeram compras de pelo menos 100 reais no mês de setembro e solicitaram a inclusão do CPF na nota fiscal. Para cada 100 reais em compras, é emitido um bilhete eletrônico.

Para a 86ª edição do sorteio, foram gerados no total 135.855.549 bilhetes eletrônicos. Concorrem aos prêmios 9.104.656 consumidores que forneceram o CPF, além de 2.666 entidades de assistência social e de saúde e 7.644 condomínios.

O resultado será divulgado no site da Nota Fiscal Paulista a partir do dia 15 de janeiro.

Como participar e consultar

Quem já costuma pedir o registro da Nota Fiscal Paulista nas compras e já fez pelo menos uma consulta no site do programa já aceitou ou não participar dos sorteios.

Ao acessar o site pela primeira vez, o consumidor faz um cadastro no qual é necessário informar dados pessoais e responder a pergunta: “Aceita os termos do Regulamento do Sorteio da Nota Fiscal Paulista?”.

Quem ainda não está inscrito no site, deve entrar no site do Nota Fiscal Paulistapara participar do sorteio. No menu do lado direito, no quadro “Cadastre-se”, o consumidor deve escolher o item “Pessoa Física”. Em seguida, é necessário inserir CPF, data de nascimento, nome da mãe, endereço, telefone e e-mail.

No final do cadastro, a questão “Aceita os termos do Regulamento do Sorteio da Nota Fiscal Paulista?” deve ser respondida com a opção “Aceito”. Ao concluir esse processo, o consumidor participará dos sorteios com um bilhete a cada vez que acumular 100 reais em notas registradas.

Quem já se cadastrou, mas não aceitou participar do sorteio e agora deseja se inscrever, ou quem não lembra se assinalou a opção, também deve acessar a página. No campo “Consulta”, no menu do lado esquerdo, basta inserir o CPF para entrar na página de acesso ao sistema.

O consumidor deve selecionar, no menu superior, o item “Configurar” e clicar na aba “Perfil do Consumidor”. No final da página, na pergunta sobre o sorteio, é necessário checar se a opção “Aceito” está assinalada e alterá-la, se for o caso.

Para consultar os bilhetes acumulados, o usuário deve acessar a página do programa e clicar na opção “Sorteios” e na aba ”Visualizar Sorteios”, localizadas no menu superior. Na página aberta, é possível consultar informações sobre o próximo sorteio e quantos bilhetes estão concorrendo em cada concurso.

Uma vez feita a adesão, não é preciso refazer o processo para concorrer em outras premiações. O consumidor precisa apenas continuar a solicitar o registro do CPF em compras feitas no estado de São Paulo para acumular mais créditos e ter direito a mais bilhetes nos próximos sorteios.

Os sorteios são realizados mensalmente e oferecem prêmios especiais em datas comemorativas.

Fonte: Marília Almeida.
Marília Almeida é repórter de finanças pessoais de EXAME.com. Seu e-mail é marilia.almeida@abril.com.br
http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/nota-fiscal-paulista-abre-consulta-a-sorteio-de-janeiro

Open post

Receitas de última hora para ceias de fim de ano

Chefs ensinam receitas fáceis e rápidas, que você prepara com ingredientes básicos, mesmo sem muito tempo livre

Fim de ano é aquela correria, entre amigos-secretos, festas e muito trabalho. É normal não sobrar tempo para preparar uma superceia com antecedência – ou resolver organizar uma na última hora.

Nem por isso, entretanto, você precisa fazer feio na noite de Natal ou Ano-Novo. Com ingredientes que já estão na sua geladeira ou a uma corridinha até o mercado, dá para preparar alguns pratos bem práticos que são sucesso garantido!

Confira as receitas dos chefs para resolver sua ceia em dois tempos. Tem dicas para montar um cardápio inteiro – e bem variado.

Insalata Mista Com Tonno
Simples e prática, esta salada do chef Gustavo De Angelis rende um prato vistoso e bonito para a mesa. Veja como fazer e use as folhas que tiver em casa para montar um colorido de diversos tons de verde!

Arroz de festa
Apesar de superfácil de fazer, a receita da chef Anouk Rosa causa uma ótima impressão na ceia. O arroz basmati tem um leve toque de especiarias que é acentuado pela canela e o anis, ou seja, combina perfeitamente com ceias.

Salpicão de frango
O salpicão é um dos acompanhamentos mais típicos da ceia do Natal. Para preparar em casa a receita das chefs Bianca Folla e Ana Rio, prefira o frango defumado, mas se não achar, pode fazer com frango assado ou cozido, desfiado.

Tender defumado com peras
Este prato não pode faltar nas festas de fim de ano, certo? A clássica versão ganha novos ares nesta receita do chef Murilo Carvalho, que vai muito bem nas refeições festivas.

Rabanada
Para adoçar a noite, sirva a tradicional rabanada após o jantar. A receita da chefCarole Crema ganha charme com o pão português, mas, se preferir, use o pão francês que tiver em casa mesmo.

Salmão ao molho de gengibre
Esta receita da chef Vanda Rittman é uma ótima opção para quem quer oferecer peixe na ceia de Natal ou Ano-Novo. Rápida, prática e com sabor especial, faz bonito mesmo na última hora.

Fonte: http://disneybabble.uol.com.br/br/natal/receitas-de-%C3%BAltima-hora-para-ceias-de-fim-de-ano

Open post

11 aplicativos para reduzir os gastos no final de ano

Empresa de serviço de táxi montou lista com apps para garimpar promoções e descontos e planejar gastos

Fim de ano é, tipicamente, período de aumento dos gastos. Seja por causa de compra de presentes, organização das festas ou pagamento de dívidas acumuladas, o orçamento fica mais apertado. Nessa período — ainda mais em um ano como 2015 —, garimpar promoções e planejar gastos é uma boa saída para quem precisa economizar.

Nessa linha, a empresa WayTaxi, dona de um aplicativo para serviço de táxi — similar ao Easy Taxi e ao 99Taxis —, fez uma lista de apps úteis para reduzir gastos no final do ano. A maioria está disponível tanto para Android quanto iOS. Confira:

  • Facilista: ajuda fazer a pesquisar preço de produtos disponíveis no supermercado e ainda formar sua própria lista de compras. O aplicativo ainda faz a comparação entre diferentes redes de supermercados.
  • Guiato: uma espécie de guia de promoções, disponibiliza ofertas, promoções catálogos e folhetos de diversas redes varejistas como supermercados, farmácias, lojas de decoração e moda.
  • Buscapé: conhecido comparador de preços, também possui uma versão móbile. No aplicativo, é também é possível encontrar o preço de um produto através da leitura do código de barras.
  • Price Beer: permite comparar o preço das cervejas entre diversas lojas online e descobrir o custo médio da marca desejada.
  • Álcool ou gasolina, chefia?: com o app, é possível escolher o combustível mais barato por meio de uma calculadora inteligente. Basta informar os preços do álcool e da gasolina, e ele informa a opção com melhor custo benefício.
  • Minhas despesas: auxilia o usuário a gerir e controlar as despesas pessoais de maneira simples. Basta informar as receitas e despesas no aplicativo.
  • Mais preço: permite consultar o valor de medicamentos em diversas redes de farmácia e drogarias do Brasil. São 16 mil medicamentos cadastrados para consulta dos usuários.
  • Qual operadora?: mostra quais as operadoras dos seus contatos salvos no dispositivo. Útil para quem possui descontos entre ligações da mesma operadora.
  • Churrascômetro: informa o número de comidas e bebidas que será necessário de acordo com o número de convidados e calcula custo aproximado do churrasco.
  • Elma Chips: o app funciona de maneira semelhante ao Churrascômetro. Basta informar a duração da festa e o número de convidados que o aplicativo irá informar a quantidade ideal de aperitivos e bebidas.
  • Meu evento: permite cadastrar uma lista de convidados, administrar fornecedores e fazer o planejamento financeiro da festa.

Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/rs/opiniao/colunistas/marta-sfredo/noticia/2015/11/11-aplicativos-para-reduzir-os-gastos-no-final-de-ano-4902110.html

Open post

Dicas para não se dar mal na Black Friday

Para não errar nas compras de sexta-feira, internauta precisa analisar com lupa as ofertas e a reputação dos vendedores

Cada vez mais sólida no calendário do comércio, a Black Friday, que ocorre na sexta-feira, promete descontos imbatíveis — mas impõe aos internautas o desafio de analisar com lupa as ofertas e a reputação dos vendedores.
No ano passado, o Portal Reclame Aqui registrou 12 mil queixas durante o já tradicional dia de ofertas. Foram frequentes as reclamações por descontos enganosos, erros nos sites na hora de concluir a compra e falhas na entrega.

Como fazer render o 13º salário
— Os casos mais preocupantes foram de “maquiagem” de preços. Algumas lojas aumentam o valor do produto antes da Black Friday e retornam ao preço original na data anunciando descontos — aponta a diretora do Procon-RS, Flávia do Canto Pereira.
Para escapar da armadilha, é preciso se cercar de referências, recomenda:
— Quem já vem pesquisando um produto há mais tempo e conhece seu valor médio terá mais facilidade para identificar ofertas falsas. Os demais precisam redobrar o cuidado.

Saber diferenciar impulso do essencial
Para quem arregaça as mangas e compara promoções, a data pode revelar bons negócios. A Black Friday promete economia de até 80% em itens mais baratos, como livros e roupas, em torno de 40% para artigos mais sofisticados, como tablets, celulares e eletrodomésticos.
— Os descontos são atraentes, mas a pessoa precisa diferenciar o que é impulso do que é realmente necessário e, assim, evitar gastar mais do que precisa — sugere o consultor financeiro Alfredo Meneghetti Neto. — A dica é anotar hoje mesmo o que se deseja comprar, e, se até sexta-feira a vontade continuar, fazer a compra.

Novo Código de Defesa do Consumidor deve prever negócios pela internet
De acordo com os organizadores do evento, a edição deste ano deve movimentar R$ 978 milhões, 12% a mais do que em 2014. Clientes de Porto Alegre vão gastar R$ 23 milhões na data — a mesma proporção do crescimento nacional.
— A alta é relevante em um ano de economia complicada. A previsão é de que o consumidor valorize mais seu dinheiro, pesquisando as ofertas — projeta Juliano Motta, diretor da BlackFriday.com.br.

10 DICAS PARA APROVEITAR AS PROMOÇÕES

  1. Faça uma pesquisa prévia dos produtos que pretende comprar, para saber se os descontos que serão anuciados são verdadeiros – escapando da chamada maquiagem de preços.
  2. Pesquise a reputação da loja em sites de reclamações, fóruns de consumidores, Procons e site do Tribunal de Justiça do Estado.
  3. Desconfie de ofertas muito tentadoras. É estranho um site vender um produto muito mais barato do que a concorrência – principalmente eletroeletrônicos.
  4. Prefira lojas conhecidas, com CNPJ, número para contato telefônico e endereço físico.
  5. Prefira pagar com o cartão de crédito, em vez de boleto, ou por transferência bancária. Fica mais fácil de cancelar o pagamento caso haja problema na entrega.
  6. Faça cópias de tela em cada etapa da compra – desde o anúncio até a conclusão do pagamento e o prazo de entrega.
  7. Mesmo que as ofertas valham a pena, tome cuidado com as compras para não exceder o orçamento e passar aperto para pagar.
  8. Para não comprar por impulso, a sugestão é escrever em uma lista quais produtos você realmente pretende comprar na data, e focar neles sua pesquisa.
  9. Se chegar um produto diferente daquele escolhido, lembre-se de que poderá desistir da compra e devolver o item no prazo de sete dias.
  10. Observe o selo do Busca Descontos do Reclame Aqui nos sites com melhor reputação. A marca estará presente em lojas que tenham avaliação boa ou ótima.

O que é a Black Friday
A “Sexta-Feira Negra” tem origem nos Estados Unidos, onde os lojistas derrubam preços para esvaziar estoques e se preparar para as vendas de final de ano. Ocorre na última sexta-feira de novembro, após o feriado de Ação de Graças. Há algumas versões para a origem do termo – a mais conhecida é que as vendas deixam a última linha do balanço preta (indicando lucro), e não  vermelha (sinônimo de prejuízo).
No Brasil, a Black Friday ocorre desde 2010 e movimenta principalmente o e-commerce.

Fonte: Erik Farina. O repórter Erik Farina produz as matérias da série Encare a Crise.
http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/noticia/2015/11/dicas-para-nao-se-dar-mal-na-black-friday-4912923.html

Posts navigation

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10