Open post

Veja os erros mais comuns que costumam levar à malha fina do IR

Das declarações retidas em 2015, 29% foram por omissão de rendimentos. Dedução indevida e valores errados de despesas médicas estão na lista.

Dados da Receita Federal mostram que a omissão de rendimentos e números errados ou incompatíveis nos valores declarados com despesas dedutíveis estão entre as principais razões que costumam levar o contribuinte à malha fina. Em 2015, 617.695 contribuintes caíram na malha fina, segundo a Receita, o que corresponde a 2,1% do total de documentos entregues.

Os 6 erros mais comuns

Veja a seguir os 6 erros mais comuns no preenchimento da declaração do imposto de renda, segundo as estatísticas de declarações retidas em malha fina da Receita no ano passado:

1º – Omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes
180.755 declarações retidas (29,3% do total)

2º – Dedução indevida de despesas com previdência oficial ou privada
148.334 declarações retidas (24% do total)

3º – Valores incompatíveis de despesas médicas
129.587 declarações retidas (21% do total)

4º – Informações declaradas divergentes da fonte pagadora (não comprovação do Imposto de renda retido na fonte pela empresa, inclusive ausência de DIRF)
43.886 declarações retidas (7,1% do total)

5º – Omissão de rendimentos de aluguéis
34.863 declarações retidas (5,6% do total)

6º Pensão alimentícia com indícios de falsidade
32.998 declarações retidas (5,3% do total)

Outros cuidados

O prazo de entrega vai até o dia 29 de abril. Para não cair na malha fina, é importante também que o contribuinte tome outros cuidados na hora do preenchimento.
O especialista Richard Domingos, diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil lista outros12 erros comuns que também podem trazer problemas ao contribuinte:

1 – Não lançar na ficha de rendimentos tributáveis os rendimentos provenientes de resgate de previdências privadas, quando não optantes pela plano regressivo de tributação;
2 – Informar, no caso de contribuintes com mais de 65 anos, rendimentos isentos com valor superior ao limite legal. Em caso de declaração em conjunto, se ambos os contribuintes preencherem as condições de isenção, o valor máximo permitido é a soma dos limites de cada um;
3 – Não lançar a pensão alimentícia recebida na ficha de rendimentos tributados recebidos de pessoa física.
4 – Lançar valores na ficha de rendimentos tributáveis diferentes daqueles relacionados nos informes de rendimento das fontes pagadoras;
5 – Lançar valores de rendimentos tributados exclusivamente na fonte na ficha de rendimentos tributados;
6 – Não preencher a ficha de ganhos de capital no caso de venda de bens e direitos;
7 – Não preencher a ficha de ganhos de renda variável se o contribuinte operou em bolsa de valores;
8 – Lançar os mesmos dependentes quando a declaração é feita em separado pelos cônjuges ou companheiros;
9 – Não relacionar os rendimentos (tributáveis, isentos e não tributáveis e tributável exclusivamente na fonte) de dependentes relacionados na declaração;
10 – Não relacionar nas fichas de bens e direitos, dívidas e ônus, ganho de capital e renda variável valores referente a dependentes de sua declaração;
11 – Não relacionar valores de aluguéis recebidos de pessoa física na ficha de recebimento de pessoa física;
12 – Não abater comissões e despesas relacionadas a aluguéis recebidos na ficha de rendimentos recebidos de pessoas físicas.

Fonte: http://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/2016/noticia/2016/03/veja-os-erros-mais-comuns-que-costumam-levar-malha-fina-do-ir.html

Open post

APAS 2016: Regional ABC reuniu mais de 330 profissionais para apresentação do tema

A Regional ABC sediou o quarto Evento de Lançamento da APAS 2016. Na última quinta-feira, 10 de março, 339 profissionais, entre supermercadistas, fornecedores da indústria, autoridades e imprensa, puderam conhecer o tema “Perspectivas e Oportunidades” e as novidades do maior evento mundial do setor supermercadista – que será realizado entre os dias 02 e 05 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo.

O vice-presidente licenciado da APAS e deputado estadual, Orlando Morando, prestigiou e discursou no Evento de Lançamento.

Clique aqui e confira a galeria de fotos do Evento de Lançamento APAS 2016 – Regional ABC.

Fonte: http://www.portalapas.org.br/m5.asp?cod_pagina=1222&cod_noticia=17497

Open post

Horário de verão termina dia 20. Veja como acostumar o corpo

Médico analisa que a melhor atitude é preparar o organismo para o novo horário.

No próximo dia 20 de fevereiro, termina o horário de verão e os relógios devem ser atrasados em 1h. Pode parecer pouco, mas estudos revelam que o corpo pode demorar até 15 dias para se adaptar a nova rotina. No entanto, é possível ter algumas atitudes antes do relógio mudar e ajudar no período de adaptação.

“O desequilíbrio do organismo se dá nos cinco primeiros dias da mudança no relógio, após esse período e com os devidos cuidados tomados, o corpo se adapta de forma tranquila”, explica ao iG o clínico geral do Hospital das Clínicas da FMUSP, Jacob Faintuch.

O profissional analisa que a melhor atitude é preparar o organismo para o novo horário. Isso significa manter uma boa qualidade do sono e dormir o suficiente ao longo do período que antecede a mudança. “Dificuldade para dormir ou acordar podem predispor a problemas cardíacos e outras doenças. O infarto, por exemplo, costuma ocorrer algumas horas depois de acordar e, principalmente, na segunda-feira, dia em que o estresse comumente aumenta”, disse.

A alimentação também tem um papel fundamental. Ela deve ser equilibrada e ainda é preciso evitar alimentos pesados e bebidas estimulantes como café, chá preto e pó de guaraná.

Open post

Concurso para Técnico-Administrativos UFABC – edital 17/2016

A Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Paulo, divulgou o edital n° 17/2016 de concurso público para cargos vagos do quadro de servidores Técnico Administrativo em Educação. São oferecidas 16 vagas para os cargos de Assistente em Administração (14) e Técnico em Eletrônica (2), com vencimento básico de R$ 2.175,17.

Os requisitos dos cargos são: ensino médio completo, com curso técnico de Administração ou Ensino Médio completo e experiência de 12 meses para Assistente; ensino médio completo e curso técnico em Eletrônica para o cargo de Técnico.

A inscrição deverá ser efetuada das 10h de 15 de fevereiro até às 16h de 24 de março de 2016, exclusivamente pela internet, no site www.vunesp.com.br, mediante pagamento de taxa de inscrição de R$ 47,50.

O concurso constará de uma prova objetiva, composta com questões de Língua Portuguesa, Matemática, Legislação, Noções de Informática e Conhecimentos específicos do cargo, a ser realizada em local e horário com cinco dias de antecedência no www.vunesp.com.br. A previsão é de que aplicação aconteça no dia 1º de maio de 2016, com gabaritos divulgados no segundo dia útil após, devendo o candidato observar, total e atentamente, todas as instruções do regulamento.

O edital completo e atualizações deste concurso, que tem validade de dois anos, serão publicados no site da VUNESP.

Informações: site da UFABC (www.ufabc.edu.br), e-mail (concursos.tas@ufabc.edu.br), atendimento presencial (VUNESP: Rua Dona Germaine Burchard, 515 – Água Branca – Perdizes – São Paulo – CEP 05002-062) e telefônico: Disque VUNESP – (11) 3874-6300.

Fonte:http://www.concursosnobrasil.com.br/concursos/sp/2016/01/concurso-ufabc.html

Posts navigation

1 2 3 7 8 9 10 11 12 13 15 16 17